Velvet Carpet

Velvet Carpet é um objecto duracional que vive em constante reconfiguração. É início e fim, uma e outra vez, tecendo e mudando e repetindo e mudando e repetindo. É um lugar que perde e ganha a sua origem, enquanto dela se desloca para com ela se relacionar; um lugar de reunião ecomunhão consciente e inconsciente partilhado por estranhos e não-estranhos; um nódulo não comunicacionalque, paradoxalmente, comunica através de elementos (in)visíveis. Por meio de frequências sonoras, movimentos corporais e vídeo, Velvet Carpet enlaça passado e futuro com o aqui e agora, transformando-se numa paisagem flutuante que revela a matéria imaterial que nos rodeia – o etéreo – através de frequências que reverberam no público.

Vibrant Matter
— Prática aberta
Vibrant Matter é uma prática matinal aberta ao público em geral baseada nos princípios fundamentais e no processo artístico da nova criação de Pedro Prazeres, Velvet Carpet.
O objetivo é, juntamente com Julen Barrenengoa, partilhar a prática corporal com quem deseje desenvolver e experimentar diferentes possibilidades de relação. Será trabalhada a consciencialização de ritmos internos, ritmos externos e diferentes frequências de vibração, explorando variadas formas de utilizar os sentidos.
Vamos fundir as noções de “não-lugar” e “entre” (“in-betweenness”) em direção a uma dança, fazendo uso do corpo como ferramenta principal, mas não única. Um espaço-tempo fantástico, captado por encontros com o outro, com o ambiente circundante, e connosco mesmos, abrindo a comunicação em empatia.

Para visualizar o espetáculo completo, envie um email para production@sekoia.pt
Para visualizar o booklet: https://issuu.com/nystagmused/docs/velvet_carpet/10
Para visualizar o teaser: vimeo.com/315579467

CRÉDITOS:
Direção Artística: Pedro Prazeres
Interpretação: Julen Barrenengoa, Pedro Prazeres, Jorge Queijo, Sofia Marques Ferreira, Carolina Martins
Composição sonora: Jorge Queijo
Vídeo-instalação: CSofia Marques Ferreira
Composição textual: Carolina Martins
Projeção: Martins Ratniks
Olhar externo: Berrak Yedek e Fabrice Ramalingom
Direção técnica: Bruno Santos
Com o apoio da: Câmara Municipal do Porto (no âmbito do projecto Criatório), Fundação GDA
Produção: Sekoia – Artes Performativas
Gerente de produção: Carolina Martins
Apoio à produção: Maus Hábito (PT) Heurtebise (PT) Companhia Instável (PT), Borboletas (FR)
Apoio de residência: Espaço Mira (PT), Armazém 22 (PT), EIRA (PT) gnaration (PT), Centro Cultural do Cartaxo (PT) Companhia Instável (PT), ICI Centro Coreográfico Nacional de Montpellier / Christian Rizzo (FR)
Duração: 45 mins
Classificação etária: M/16

DATAS:
2019
7 de Junho, Apresentação no Theatro Circo de Braga
6 de Junho, Apresentação no Teatro Aveirense
28 de Março, Estreia no Festival Vivarium, no Atneu Comercial do Porto às 19h
25 Fevereiro a 1 de Março, Residência artística no ICI- centre Chorégraphie National de Montpellier / Christian Rizzo
7 a 13 de Janeiro, Residência artística no Armazém 22
2018
4 a 7 de Dezembro, Residência artística no Centro Cultural do Cartaxo
10 de Novembro, Apresentação de “Velvet Carpet_LITE” nos Palcos Instáveis / Teatro Municipal do Campo Alegre
24 a 28 de Setembro, Residência artística no gnrartion (Braga)
6 a 10 de Agosto, Residência artística na EIRA (Lisboa)
28 de Junho, Ensaio aberto no Espaço Mira (Porto), às 19:30h
18 a 22 de Junho, Residência artística no Espaço Mira (Porto)
18 a 22 de Junho, Vibrant Matter – Prática Aberta no Espaço Mira (Porto), das 10h às 12h

Produção       Com o apoio de             







Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On Instagram